Esporte na Tela

Novak Djokovic é campeão do Roland Garros

Após a vitória contra Stefanos Tsitsipas na final nesse domingo, o sérvio conquistou o segundo título do Roland Garros na carreira
Foto: Christophe ARCHAMBAULT / AFP Djokovic é o grande campeão do Roland Garros
Djokovic é o grande campeão do Roland Garros

A final do Roland Garros de 2021 fez jus a importância do torneio. Na disputa da final, o sérvio Novak Djokovic bateu o grego Stefanos Tsitsipas, atual número 5 do ranking mundial, por 3 sets a 2, parciais de 6/7(6), 2/6, 6/3, 6/2 e 6/4, com uma duração de 4h11m.

O grego conseguiu levar o primeiro game com dificuldades, e após o primeiro ponto a partida ficou bem mais equilibrada e em cada saque, os dois tenistas apresentaram com muita técnica. Durante o primeiro set, Nole acabou caindo feio, mas não se machucou e a partida prosseguiu. No 10º game, o Tsitsipas teve um set point, salvo por Djokovic após um rali incrível.

O sérvio embalou e conseguiu colocar a bola no chão algumas vezes, seguindo a quebra. O Nolo conseguiu abrir 6 a 5, mas voltou a ter erros bobos. O grego não bobeou e levou o set para o Tie-Break. Na decisão, Djokovic correu atrás, mas Tsitsipas não vacilou e levou o set 7/6.

Tsitsipas voltou para o segundo set com uma bela quebra se saque. O grego não deu chances e sobrou em quadra contra o sérvio, que pontuou apenas duas vezes no set por erros do grego. Tsitsipas não tomou conhecimento do nº 1 do ranking mundial e fecho o segundo set com 6/2, e ficou a um passo do título.

No terceiro set, Djokovic foi para o tudo ou nada e partiu para cima do grego. Após quase 10 minutos de game, o Nolo quebrou o rival e abriu 4/1. O sérvio errou muito menos no terceiro set, e conseguiu ganhar por parciais de 6/3.

No quarto set Djokovic manteve a concentração e cresceu mais ainda na partida. Abusando muito bem das paralelas, Djokovic aplicou o dobro de winners e conseguiu dois breaks, fechando em 6/2 e empatando o confronto: 2 a 2.

No set decisivo, Nolo mostrou o motivo de ser o nº1 do mundo. Errando muito pouco, o sérvio conseguiu ser bem mais consistente e obteve uma vantagem no marcador após uma quebra. Tsitsipas sofria para a acompanhar o ritmo do sérvio, e Nolo se manteve concentrado e abriu vantagem. O grego, em uma última pressão, não segurou o melhor do mundo, e perdeu por 6/4.

Com a conquista do Roland Garros, Djokovic conquistou seu 19.ª título em Slam, e se aproximando dos 20 títulos do suíço Roger Federer e do espanhol Rafael Nadal.