Esporte na Tela

Em treino cheio batidas, Leclerc fatura pole do GP do Azerbaijão

O treino chegou a ser interrompido três vezes, e marcou a segunda pole de Leclerc na temporada
Foto: Divulgação/Formula1 Charles Leclerc fatura pole no GP do Azerbaijão
Charles Leclerc fatura pole no GP do Azerbaijão

No treino desse sábado para o GP do Azerbaijão, Charles Leclerc, da Ferrari, com a marca de 1m41s218 faturou sua segunda pole position em 2021, a primeira foi no GP de Mônaco. O atual campeão da Formula 1, Lewis Hamilton, ficou com a segunda colocação após conseguir dar a volta por cima nesse sábado e deixando para trás os treinos realizados na sexta-feira.

Logo no início do Q1, Lance Stroll, da Aston Martin, bateu e acionou a primeira bandeira vermelha do treino, precisando deixar a prova. Após Lance, o italiano Antonio Giovinazzi também bateu e acionou a segunda bandeira vermelha da prova, mas nas duas batidas não tiveram muita gravidade, e os pilotos não se feriram. Com o melhor tempo do fim de semaa Lewis Hamilton, que anotou 1m41s545, seguido de Max Verstappen com 0.215 e Sergio Perez que conseguiu e +0.423.

Já no Q2 a situação foi diferente. O holandês Max Verstappen ficou em primeiro com 1m41s625 e ergio Perez e Lewis Hamilton concluíram o trio da frente com 1m41s630 e 1m41s634 respectivamente. Daniel Ricciardo acionou a terceira bandeira vermelha do treino no final de semana, nos últimos dois minutos, que bateu, mas não prejudicou o tempo de outros corredores.

No Q3 o monegasco Charles Leclerc conseguiu bater os tempos dos outros competidores, e faturou a nona pole position de sua carreia. Com 1m41s218 deixou para trás Hamilton e Verstappen. No fim da Q3 mais uma batida levantou a bandeira vermelha no treino. Sainz e Tsunoda colidiram, mas não influenciou na colocação de outros corredores já que o resultado final estava encaminhado.

A largada para o GP do Azerbaijão para amanhã, às 9h. A corrida pode ser o ponto de impulso pra Max Verstappen se distanciar de Lewis Hamilton no topo da tabela classificatória da Fórmula 1. O holandês está em primeiro com 105 pontos, apenas 4 pontos na frente do britânico. O primeiro colocado dos treinamentos, Leclerc, está em 6º com 40 pontos.