Esporte na Tela

A etapa do Mundial de Surf que aconteceria no Brasil é cancelada pela WSL

A WSL anunciou que a etapa do Mundial de Surf em Saquarema, Rio de Janeiro, foi oficialmente cancelada
Foto: WSL Felipe Toledo foi campeão da última etapa realizada em Saquarema no Mundial de Surfe em 2019
Felipe Toledo foi campeão da última etapa realizada em Saquarema no Mundial de Surfe em 2019

A Liga Mundial de Surf adiou sua volta ao Brasil. A praia de Saquarema, no Rio de Janeiro, receberia uma etapa do Mundial de Surf, mas a organização do torneio informou nessa quinta-feira que foi cancelada. A etapa já havia sido adiada para acontecer após as olimpíadas, mas por meio de nota a WSL decidiu não realizar o evento.

“O Oi Rio Pro havia sido adiado originalmente de junho para agosto na esperança de administrar o evento com segurança. A WSL continuou a monitorar a situação e tomou a decisão de cancelar o evento para 2021 por excesso de cautela com a segurança dos atletas, funcionários e comunidade local. A WSL espera voltar a Saquarema com os melhores surfistas do mundo em 2022”, afirmou a entidade em comunicado.

Com a crise sanitária no país, a WSL avaliou que o cancelamento da etapa foi a decisão mais prudente para os competidores. Fora o cancelamento da etapa no Brasil, outras alterações no calendário foram informadas pela organização. A etapa do México, que antes seria realizada dos dias 5 a 15 de julho, foi prorrogada para agosto e será deve acontecer entre os dias 10 e 20 a fim de dar mais tempo aos surfistas que irão à Olimpíada cumprirem o período de quarentena necessário.

A grande final do Mundial de Surf, na Califórnia, está prevista para acontecer entre 9 e 17 de setembro. Com as novas datas para a final, a penúltima etapa, no Tahiti, teve a quantidade de dias reduzidas e deve acontecer entre 24 de agosto e 3 de setembro.