Esporte na Tela

Três presidentes de times da Série D são suspensos pelo STJD

Os presidentes de Campinense, Treze-PB e Moto Club-MA estão suspensos preventivamente até cumprirem o pagamento das obrigações
Foto: Divulgação / Site STJD Superior Tribunal de Justiça Desportiva
Superior Tribunal de Justiça Desportiva

Nesta sexta-feira (1) o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou a suspensão de três presidentes de clubes que disputam o Campeonato Brasileiro Série D. Os cartolas foram penalizados pelo não pagamento de diárias, transportes e taxas da arbitragem em partidas na Copa do Brasil.

Os presidentes do Campinense, Anderson Phelipe Fernandes Cordeiro; do Treze-PB, Walter Cavalcantio Junior; e do Moto Club-MA, Natanael Júnior foram penalizados e devem ser julgados em 2023 por descumprimento do artigo 223 e os clubes dos artigos 223 e 191, todos do CBJD.

A Campinense deixou de pagar a arbitragem que comandou a partida contra o Bahia (09/04), o Treze-PB foi penalizado por não pagar a arbitragem na partida contra o América-RN (18/03) e o Moto Club-MA não cumpriu os compromissos com os árbitros que apitaram a partida do clube contra o Botafogo (10/03).

Art. 191. afirma que  "Deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento: I – de obrigação legal; (PENA: Multa entre R$ 100 e R$ 100 mil)", já o Art. 223. pontua que "Deixar de cumprir ou retardar o cumprimento de decisão, resolução, transação disciplinar desportiva ou determinação da Justiça Desportiva. (PENA: Multa entre R$ 100 e R$ 100 mil)."

Confira abaixo a comunicação enviada aos clubes:

CAMPINENSE:

“De ordem do Dr. Auditor Vice-Presidente Administrativo deste Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Felipe Bevilacqua, referente denúncia com pedido de suspensão preventiva encaminhada pela Procuradoria do STJD, informo que através de despacho foi deferida a suspensão automática do Sr. Anderson Phelipe Fernandes Cordeiro, presidente da equipe do Campinense/PB, com fundamento nos artigos 223§ú e 191 III, ambos do CBJD”.

TREZE-PB:

“De ordem do Dr. Auditor Vice-Presidente Administrativo deste Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Felipe Bevilacqua, referente denúncia com pedido de suspensão preventiva encaminhada pela Procuradoria do STJD, informo que através de despacho foi deferida a suspensão automática do Sr. Walter Cavalcantio Junior, presidente da equipe do Treze F.C., com fundamento nos artigos 223§ú e 191 III, ambos do CBJD”.

MOTO CLUB-MA:

“De ordem do Dr. Auditor Vice-Presidente Administrativo deste Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Felipe Bevilacqua, referente denúncia com pedido de suspensão preventiva encaminhada pela Procuradoria do STJD, informo que através de despacho foi deferida a suspensão automática do Sr.  Natanael Júnior, presidente da equipe do Moto Club/MA, com fundamento nos artigos 223§ú e 191 III, ambos do CBJD”.