Esporte na Tela

Seleção Feminina fez último treino antes das quartas de final, nesta sexta (30)

As brasileira priorizaram a parte física, intensificaram os treinos com bola parada e treinaram as cobranças de pênalti
Foto: Sam Robles/CBF Júlia Bianchi no último treino antes da quartas de final
Júlia Bianchi no último treino antes da quartas de final

A Seleção Feminina fez seu último treinamento antes de enfrentar o Canadá nesta sexta-feira. A treinadora da seleção, Pia Sundhage, não espera um confronto simples frente as canadenses e intensificou o reforço físico para o confronto. A partida contra o Canadá será a primeira no mata-mata da competição.

No treinamento, a técnica Pia Sundhage iniciou com um 11 contra 11, esboçando a equipe que deve começar a partida. A sueca também aproveitou para aprimorar as jogadas de bola parada e preparar a equipe para uma eventual disputa de pênaltis.

A treinadora, em entrevista coletiva pouco antes do treino, comentou que espera um gol de uma jogada aérea nas quartas de final. Até agora, no retrospecto na competição, o escanteio é a única bola parada pela qual a Seleção ainda não balançou as redes em Tóquio.

“O Canadá tem jogadoras de velocidade no ataque, por exemplo, e outras difíceis de enfrentar na defesa. Elas têm um padrão e nós precisamos descobrir que padrão é esse para preparar as jogadoras, especialmente no ataque. Marcamos gols contra elas e acho que está na hora de marcarmos gols de escanteio, mas já fizemos um bom trabalho com isso antes e espero que, quando tivermos um escanteio, todo mundo pense ‘lá vem o gol’”, declarou a treinadora.

No retrospecto da partida, na Era Pia, a seleção tem quatro confrontos contra as canadenses. As brasileiras venceram duas e empataram as outras duas, somando 8 gols marcados e apenas dois sofridos. A partida válida pelas quartas de final das Olímpiadas está marcada para começar às 5h (horário de Brasília), nesta sexta-feira (31). A partida será transmitida ao vivo por TV Globo, SporTV e BandSports.