Esporte na Tela

Seleção Brasileira se mostra unida contra a Copa América no Brasil

O experiente volante da seleção, Casemiro, reafirmou o posicionamento dos atletas sobre a competição
Foto: Lucas Figueiredo/CBF Capitão da Seleção Brasileira, Casemiro, Sobre a Copa América
Capitão da Seleção Brasileira, Casemiro, Sobre a Copa América

Após a partida contra o Equador nessa sexta-feira, o capitão da Seleção Brasileira, Casemiro, foi o primeiro jogador que se manifestou publicamente sobre a crise na CBF. O volante afirmou que o grupo expressará a sua opinião em um momento que seja considerado “oportuno” pelo elenco, e deixou claro a opinião dos jogadores sobre o assunto.

“Nosso posicionamento todo mundo sabe, mais claro impossível, Tite deixou claro nosso posicionamento e o que nós pensamos da Copa América. Existe respeito e uma hierarquia que temos que respeitar, e claro que queremos dar nossa posição” declarou o capitão da seleção após o jogo contra o Equador ao repórter Eric Faria, da TV Globo.

Ainda antes da partida contra o Equador, o camisa 10 da seleção, Neymar, tentou contato com lideranças de outras seleções para poder unificar o movimento, mas acabou não obtendo resposta dos atletas. O zagueiro da seleção equatoriana, Arboleda, também expressou publicamente seu receio sobre a realização da competição no Brasil durante a pandemia. O zagueiro também comentou que tanto ele como o goleiro, Domínguez, discutem sobre a participação da equipe no torneio.

“Nosso posicionamento todo mundo sabe, mais claro impossível, Tite deixou claro nosso posicionamento e o que nós pensamos da Copa América. Existe respeito e uma hierarquia que temos que respeitar, e claro que queremos dar nossa posição” declarou o zagueiro após a derrota por 2x0 frente a Seleção Brasileira nessa sexta-feira.

A La Tri volta aos gramados pelas eliminatórias na próxima terça-feira (08). O confronto será contra o Peru, às 18h, no estádio Rodrigo Paz Delgado.