Esporte na Tela

Rogério Ceni é demitido nesta madrugada

O anuncio foi feito pelo clube após os últimos resultados no brasileirão e um áudio vazado nesta sexta-feira
Foto: Marcos Ribolli / ge Rogério Ceni não resistiu a pressão e foi desligado do Flamengo
Rogério Ceni não resistiu a pressão e foi desligado do Flamengo

Rogério Ceni não é mais treinador do Flamengo. O clube comunicou na madrugada de sexta para sábado (às 2h46) que o treinado não faz mais parte da comissão técnica do clube. A próxima partida no Campeonato Brasileiro, contra a Chapecoense no próximo domingo, o time será comandado pelo interino Maurício Sousa.

O treinador foi contratado em novembro de 2020 e comando o Flamengo em 45 partidas com 23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. O treinador conquistou três títulos durante o seu período como trinador do flamengo (Campeonato Brasileiro, Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil.)

Ceni, na última sexta-feira, foi alvo de um áudio vazado por um funcionário do departamento de scout do clube. O analista Roberto Drummond teve um áudio vazado onde criticava o treinador por sua conduta no clube, e seus pedidos a diretoria. Drummond também foi demitido do clube após o clube confirmar a autenticidade do áudio.

A decisão de desligar o treinador veio após uma reunião feita pelo Rodolfo Landim no Ninho do Urubu, Marcos Braz e Bruno Spindel deixaram o CT na noite da sexta-feira. O mais cotado para assumir o cargo é o Renato Portaluppi, que deixou o Grêmio no dia 15 de abril, e também é um pedido antigo dos torcedores do clube. Neste sábado, enquanto o novo comandante do time chegar, Maurício Sousa comandou o treinamento dos jogadores para a partida frente a Chapeconense, no próximo domingo.