Esporte na Tela

Na entrega o título do Piauiense Sub-20, Branco se esquivou da crise na CBF

O coordenador das categorias de base da CBF entregou a taça da competição para o Fluminense-PI e minimiza a situação vivida na entidade
Foto: Arthur Ribeiro Branco, em Teresina, na final do Campeonato Piauiense Sub-20
Branco, em Teresina, na final do Campeonato Piauiense Sub-20

Após conquistar a vitória por 2 a 0 contra o River-PI, na final do Campeonato Piauiense Sub-20, O Fluminense-PI recebeu das mãos do tetracampeão mundial, Branco, a Taça da Competição. O coordenador das categorias de base da CBF, após a celebração do título, comentou sobre a situação envolvendo o presidente da entidade.

- Não, nada, nada (se reflete no trabalho das seleções) – iniciou Branco - Me deixa falar um negócio, infelizmente, não vou poder responder por que não está ao meu alcance. Meu alcance é a parte técnica, a parte de formação, de fazer grandes seleções. A gente tem uma autonomia para trabalhar dentro da casa, que permite a gente ter uma estrutura espetacular que a CBF dá. – Pontuou o coordenador em entrevista concedida ao GE.

Foto: Elziney SantosBranco, tetra campeão mundial com a seleção, na entrega do título
Branco, tetra campeão mundial com a seleção, na entrega do título

Com a possível mudança na presidência da entidade, existe também a possibilidade da escolha de um novo treinador para comandar a seleção brasileira. O coordenador falou sobre a troca na comissão técnica e explicou que o trabalho do técnico Tite vem agradando até o momento.

- A gente trabalha em conjunto, temos uma integração muito grande, da base com a principal, com o Juninho, o coordenador, o Tite. O trabalho está indo muito bem desta forma. Eu só tenho que agradecer à seleção principal, ao Tite, a comissão que tem acreditado no nosso trabalho. A grande prova é que após as Olimpíadas seis jogadores foram chamados para os três jogos das Eliminatórias, contra Chile, Argentina e Peru. - afirmou o treinador.

Branco foi escolhido pela Federação de Futebol do Piauí para entregar o troféu Dídimo de Castro aos campeões estaduais sub-20. Conquistando o título, o Fluminense-PI ganhou o direito de representar o Piauí na Copa São Paulo de Futebol Jr., na Copa do Nordeste Sub-20 e na Copa do Brasil da categoria. Já o Galinho, caso FPF continue com o mesmo formato da última edição, será o segundo representante do estado na” Copinha”, em São Paulo.