Esporte na Tela

“Infelizmente, a bola pune” diz técnico do River Sub-17 após eliminação precoce

O Galinho foi eliminado pelo Confirança-SE na última terça-feira, por 1 a 0, com gol contra no estádio Albertão
Foto: Ascom/ River A.C River-PI eliminado da Copa do Brasil Sub-17
River-PI eliminado da Copa do Brasil Sub-17

A Copa do Brasil Sub-17 terminou antes que o esperado para o River-PI. O Galinho foi eliminado na última terça-feira pelo Confiança-SE pelo placar mínimo em casa e foi eliminado da competição. O gol da vitória adversária veio após uma falha do lateral Pires, que empurrou para o próprio gol em uma bola lançada por Robert.

O gol contra veio ainda no primeiro tempo, aos 14 minutos, e demonstrou o nervosismo piauiense na partida. Após a partida, o treinador da equipe sub-17, Isaías Paulista, usou um bordão bastante conhecido para definir a eliminação.

- Infelizmente, a bola pune. Fomos com uma ideia de jogo, construir os parâmetros que a gente trabalhou, tudo que a gente estudou da dinâmica e intensidade de jogo do adversário. Infelizmente, fomos surpreendidos pelo adversário, um gol contra. Ele encontrou essa jogada, e infelizmente o nosso jogador colocou para dentro do gol - comentou o treinador.

Com a classificação, o Confiança-SE vai enfrentar o vencedor da partida entre Palmeiras e Desportiva Paraense na segunda fase da competição. O treinador explicou que a equipe piauiense não conseguiu imprimir o plano de jogo na partida, e destacou a falta de experiencia na equipe.

- A dinâmica era propor, um jogo agressivo, foi o que trabalhamos nesses dois meses. Mas, infelizmente, a bola pune. A imaturidade deles, até certo ponto, influencia dentro de campo. A falta de experiência também pesou no resultado da partida – Finalizou o treinador.

O River-PI, nesta quarta-feira ainda questionou um lance de possível pênalti na partida que teria influenciado o resultado do jogo. O lance foi postado nas redes sociais do clube e, de acordo com a postagem, “é erros que vem acontecendo contra nossa equipe no Piauiense Sub 20 e que ontem, na Copa do Brasil sub 17 aconteceu de forma escandalosa.”