Esporte na Tela

Flamengo solicita a prefeitura 10% de público no Maracanã

O clube espera contar com a torcida no jogo de volta da Copa Libertadores da América
Foto: Alexandre Vidal / CRF Flamengo espera ter torcida no jogo de volta contra o Defensa y Justicia, no Maracanã
Flamengo espera ter torcida no jogo de volta contra o Defensa y Justicia, no Maracanã

Após a final da Copa América ganhar a liberatação de contar com público na decisão, o Flamengo solicitou à Prefeitura do Rio de Janeiro, na noite da última quarta-feira, a liberação de 10% do de público no Maracanã. Caso seja aprovado, a partida entre Defensa y Justicia e Flamengo, na próxima quarta-feira, contará torcida.

De acordo com uma nota divulgada pelo clube na noite desta quarta-feira pelo Flamengo, o clube usou a base do protocolo que foi feito pela Conmebol, usada na final da Copa América, para solicitar a liberação. Os torcedores, assim como na decisão da Copa América, deverão apresentar o cartão de vacina e que estão negativados para covid-19 em até 48h antes da partida.

Caso o Flamengo não consiga a liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro, o jogo das oitavas de final da Copa Libertadores da América pode ser transferido para Brasília. A liberação de público no Estádio Mané Garrincha está bem mais adiantada que no estádio carioca.

A aprovação do Distrito Federal precisa apenas ser protocolada no Diário da União para ser validada. Nesta quarta-feira (14) o Flamengo disputa o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores da América no estádio Norberto "Tito" Tomaghello, sem a presença de público.