Esporte na Tela

Flamengo-PI é proibido pela justiça de disputar competições oficiais

O Tribunal Regional do Trabalho aponta descumprimento de decisões judiciais pela equipe piauiense com relação ao pagamento dos funcionários
Foto: Arthur Ribeiro Treino do Flamengo-PI
Treino do Flamengo-PI

Na última terça-feira (14) o Ministério Público do Trabalho no Piauí (MPT-PI) moveu uma ação contra o Flamengo-PI. O órgão impede o clube de disputar qualquer competição oficial até o pagamento dos direitos trabalhistas pendentes aos funcionários do clube. Nesta temporada o clube disputa o Campeonato Piauiense Sub-17, e em 2022 a equipe era esperada para o Campeonato Piauiense Adulto, Sub-17 e Sub-20.

De acordo com o juiz, Gustavo Ribeiro Martins, o clube descumpriu as decisões judiciais que foram expedidas em 2018 relacionadas ao acúmulo de 13º salários e férias de jogadores. O Rubro-Negro Piauiense declarou que ainda não foi informado sobre a decisão deito pelo MPT-PI.

De acordo com o procurador do Trabalho Edno Moura, o clube já era alvo de investigações e processos relacionados a falta de pagamento dos funcionários.

- Ingressamos com a ação para que houvesse a regularização nos pagamentos. No entanto, mesmo com a decisão judicial determinando os pagamentos, o clube foi notificado e não cumpriu. Por isso, solicitamos medidas mais restritivas para resguardar os direitos dos trabalhadores - explicou o procurador do trabalho.

Além do clube, a Federação de Futebol do Piauí, onde a equipe é federada, também sofrerá uma punição no valor de R$ 10 mil por conta do descumprimento da decisão expedida em 2018.

Foto: Fábio LimaRubens Gomes, presidente do Flamengo-PI
Rubens Gomes, presidente do Flamengo-PI

O QUE DIZ O CLUBE?

De acordo com o portal GE-PI, o presidente do Rubro-Negro Piauiense, Rubens Gomes, o clube até agora não recebeu uma notificação oficial sobre a decisão do MPT-PI. O dirigente deve estudar com o departamento jurídico do clube sobre como vão proceder com relação a proibição imposta sobre o clube e o pagamento da dívida.