Esporte na Tela

Flamengo não obtém resposta da CBF e exige posicionamento do STJD

O clube não liberou o atacante para a Seleção Olímpica, mas não obteve nenhuma resposta da CBF sobre a saída do atleta da lista de convocados
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo Vitinho e Pedro comemoram gol do artilheiro em jogo do Flamengo
Vitinho e Pedro comemoram gol do artilheiro em jogo do Flamengo

O Flamengo segue sua batalha com a CBF sobre a liberação do atacante Pedro para a Seleção Olímpica. O jogador está presente na lista convocatória do técnico André Jardine, mas o Flamengo bateu o martelo e não vai liberar o jogador. A CBF iria fazer uma “oferta” ao clube carioca para a liberação do atleta após a volta de Gabigol da seleção principal, mas o rubro-negro carioca descarta qualquer possibilidade de ceder o atacante.

Após a CBF se manter em silencio sobre a saída do jogador da lista convocatória, nesta sexta-feira, segundo informações do site UOL, o advogado do clube, Michel Assef Filho, entrou com mais uma petição solicitando um posicionamento imediato do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

"Diante do silêncio da CBF, pedi a apreciação imediata do pedido. É convocação realizada fora de data Fifa e que não é definida no regulamento Fifa como obrigatória para competições masculinas, ou seja, que não é de seu time representativos "A", assim como é definido na Fifa como obrigatória. Quando são competições internacionais que a confederação vai disputar com seu "time A", poderia ser mandatória a liberação. Como é sub-23, não é mandatória", disse ao UOL Esporte, o advogado Michel Assef Filho.

Segundo o jornal EXTRA, a CBF estava preparando uma proposta ao clube carioca para liberar o atacante com a volta de Gabriel Barbosa da Seleção Principal. Até o momento, nenhum documento oficial chegou ao clube, que já afirmou o posicionamento de manter todos os jogadores possíveis a disposição do treinador Rogério Ceni, para as próximas partidas.