Esporte na Tela

Flamengo entra com pedido de paralisação do Brasileirão

A equipe tenta na Justiça Desportiva a paralisação da competição durante a Copa América
Foto: Divulgação / Site STJD Flamengo solicita paralização
Flamengo solicita paralização

Na noite dessa quinta-feira, o Flamengo entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) solicitando a paralisação do Campeonato Brasileiro durante a Copa América. A competição de seleções começa nesse domingo (13). Em 2019, última edição da competição da Conmebol, o Brasileirão foi paralisado, e o clube carioca espera que esse ano aconteça também.

O vice-geral do Flamengo, Rodrigo Dunshee, deu a informação em uma publicação em rede social. O cartola, também por meio de rede social, criticou a realização da competição que vai exigir muito dos atletas que forem convocados e disputam o campeonato brasileiro. Ao todo, o Flamengo tem cinco atletas convocados.

O STJD, por meio de nota, afirmou nessa sexta-feira que a solicitação foi encaminhada para análise do presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha. Não há prazo para liberação da decisão. 

Confira abaixo a trechos do pedido do Flamengo:

“A despeito do que acontece hoje no FLAMENGO, que está desfalcado por ter pelo menos 6(seis) atletas convocados, essa situação precisa ser conversada e apreciada, até mesmo para proteger os outros clubes no futuro. Ou seja, não é apenas uma questão envolvendo o FLAMENGO. A discussão suplanta a identificação de uma única agremiação desportiva. É preciso discutir o futebol brasileiro, e a função e a missão da Entidade Nacional de Administração. Esse é o momento oportuno para fazê-lo.

Além da questão das convocações, existe atualmente outro fator extremamente lesivo para o FLAMENGO e também para os clubes cariocas como um todo, isto é, coma  realização da Copa América no Brasil, o estádio do Maracanã foi requisitado para receber as partidas deste torneio, o que prejudica bastante os clubes que exercem o seu mando de campo no Estádio jornalista Mário Filho, uma vez que precisarão se deslocar para outras praças , gerando um maior desgaste de seus atletas e dos demais profissionais envolvidos, sem contar os custos com deslocamento, alimentação e estadia, em tempos tão difíceis para a realidade financeira dos times brasileiros”.

A Copa América está prevista para ter seu ínicio nesse domingo(13). A partida de estreia será entre Brasil e Venezuela, no estádio Mané Garrincha, às 18h.