Esporte na Tela

Danilo Avelar é desligado oficialmente do Corinthians por comentário racista

O atleta, em um jogo online, foi acusado de racismo e o clube anunciou nesta quinta-feira o desligamento do zagueiro
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians Danilo Avelar em treino do Corinthians
Danilo Avelar em treino do Corinthians

Nessa quarta-feira o zagueiro do Corinthians foi acusado de racismo após ofender um jogador em uma partida de CS:GO. O atleta, por meio de nota das suas rede sociais, assumiu que fez o comentário de cunho racista e se desculpou pela conduta. O clube, até ontem (23), ainda analisava o caso e não havia tomado uma decisão oficial. No final da tarde desta quarta-feira o Corinthians anunciou que vai rescindir o contrato com o zagueiro, hoje válido até dezembro de 2022.

Por meio de nota, o clube paulista afirmou que está em contato com a empresa Elenko Sports, grupo que representa o jogador, para definir como será feira o desligamento do atleta. A decisão foi feita pelo departamento de futebol do clube em conjunto com a equipe jurídica do Corinthians. Fora a rescisão do contrato, Danilo Avelar também foi banido da plataforma Coliseum, local onde era transmitida a partida que o atleta fez o comentário racista.

" O Sport Club Corinthians Paulista informa que está em contato com o atleta Danilo Avelar e seus representantes a fim de discutir e formalizar as medidas cabíveis para o encerramento do vínculo. O Corinthians reafirma que repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista, coerentemente com sua história de defesa da igualdade e da democracia".

Danilo Avelar foi contratado pelo Corinthians em 2018, vindo por empréstimo do Torino-ITA. Após o paulista jogando como titular em 2019, o clube paulista comprou os direitos econômicos do atleta da equipe italiana. Apesar da rescisão, o Corinthians ainda deve cerca de R$ 4,4 milhões para o Torino, referentes a segunda e última parcela da compra.