Esporte na Tela

Cruzeiro é punido pela FIFA por falta de pagamentos

O clube mineiro está impedido de fazer novas contratações pela entidade por não pagar a transferência de Arrascaeta
Foto: AFP PHOTO / DOUGLAS MAGNO Giorgian De Arrascaeta comemora gol pelo Cruzeiro
Giorgian De Arrascaeta comemora gol pelo Cruzeiro

Nesta quarta-feira a FIFA multou o Cruzeiro no valor de R$ 6,5 milhões ao Defensor-URU por conta da compra do uruguaio Arrascaeta, em 2015. Essa é a segunda multa que a Raposa recebe da entidade máxima do futebol, no período de dois anos, por atraso nos pagamentos de jogadores que se transferiram para o clube. Até o pagamento da multa, o clube mineiro está impedido de realizar novas contratações.

O Cruzeiro tinha até o fim do mês de junho para quitar o pagamento da transferência, mas por conta das dividas do clube o pagamento não foi realizado. A dívida foi contraída ainda na gestão do presidente Gilvan de Pinho Tavares. Na temporada passada, na Série B, o Cruzeiro começou o campeonato com menos seis pontos por uma dívida envolvendo o empréstimo do volante Denílson, do Al Wahda.

Arrascaeta jogou na raposa entre 2015 e janeiro de 2019. O jogador foi vendido ainda na metade da temporada para o Flamengo, atual clube do uruguaio. A negociação com o rubro-negro gerou 18 milhões de euros (79 milhões de reais à época) aos cofres mineiros por 75% dos direitos econômicos do jogador.