Esporte na Tela

Com apenas uma vitória, Dabove é demitido do Bahia

O treinador deixa o clube com a 17ª colocação no brasileirão, com apenas 23 pontos
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação Diego Dabove, ex-técnico do Bahia
Diego Dabove, ex-técnico do Bahia

O Bahia anunciou nesta quarta-feira a demissão do técnico Dabove do cargo de treinador. Após pouco mais de 50 dias no cargo, o treinador estrangeiro não agradou o clube com seu rendimento, que não conquista há quatro rodadas do Campeonato Brasileiro Série A.

Desde que assumiu o Esquadrão, o treinador argentino comandou a equipe em seis partidas somando apenas uma vitória, dois empates e três derrotas com um aproveitamento de 27%. A demissão do treinador foi gerou uma situação desconfortável, mas o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, explica que foi a melhor atitude no momento.

- Precisamos realizar uma correção de rumos. Não era algo que a gente gostaria de fazer, lamentamos bastante a situação, mas se a gente decidiu mudar tão rápido é uma prova de que a escolha terminou se mostrando equivocada – não no sentido da qualidade do trabalho, mas do ponto de vista de conhecimento do futebol brasileiro e do contexto do clube. Fazendo um balanço do dia a dia, dos resultados e dos desafios que temos pela frente, entendemos que essa é a medida correta no momento – explicou o presidente Guilherme Bellintani.

QUEM ASSUME O CARGO?

Com a próxima partida batendo a porta, o Bahia corre contra o tempo para anunciar o novo treinador. O nome de Guto Ferreira, que comando a equipe em 2016, 2017 e 2018, é o preferido da diretoria.