Esporte na Tela

Clubes da série A e B vão se reunir nesta segunda-feira sobre Nova Liga

Os times devem dar continuidade para a discussão de uma Liga Independente para o futebol brasileiro
Foto: Igor Siqueira/UOL Esporte Rodolfo Landim e Guilherme Bellintani, presidentes de Flamengo e Bahia, falam sobre criação da Liga de clubes
Rodolfo Landim e Guilherme Bellintani, presidentes de Flamengo e Bahia, falam sobre criação da Liga de clubes

Após 19 das 20 equipes da elite do futebol brasileiro assinarem um documento, e entregarem a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), as equipes realizaram um segundo encontro nesta segunda-feira (28). Nesta segunda reunião, que deve ser realizada em São Paulo, 40 clubes tanto da Série A da B devem se reunir para discutir a criação da liga.

A nova liga não significa um rompimento com a CBF, mas um novo caminho em conjunto com a entidade. Nesta nova reunião, a organização do Campeonato Brasileiro de 2022 também deve ser pauta. Outras questões centrais da reunião nesta segunda devem ser por exemplo, o pagamento do VAR, montar um novo sistema jurídico e pagar taxas de arbitragem.

As propostas devem ser, inicialmente, para fortalecer a liga de uma forma empresarial. Até agora a mudança no calendário da temporada não é vista como necessário para esta fase inicial. Os clubes que participarão da reunião também devem discutir sobre o processo de sucessão da presidência da CBF. A intenção dos clubes é que a liga organize o Brasileirão a partir de 2022, sem ruptura de contrato com a entidade. Dos clubes da Série A que participaram da primeira reunião o Sport Recife foi a única que não participou por conta da não ter um presidente oficial, mas a equipe já sinalizou que vai participar de forma remota da reunião nesta segunda.