Esporte na Tela

Atlético-MG quita dividas com três jogadores e segue planejamento da diretoria

A dívida dos três jogadores se aproximava dos R$ 32 Milhões
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG
Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG

O Atlético-MG quitou nessa sexta-feira as pendencias relacionadas ao atacante Chará, atualmente defendendo o Portland Timbers, na Major League Soccer, do zagueiro Bremer, que também já deixou o clube em 2018 e atualmente defende o Torino, da Itália e do lateral-direito Patric, que atualmente defende o Sport-PE.

O Galo, além de mostrar transparência com relação as contas do clube, se mostra bastante satisfeito por conseguir colocar em prática o novo modelo de gestão da diretoria. A equipe também divulgou uma nota oficial sobre os pagamentos.

Confira a nota:

"Os pagamentos representam uma importante etapa cumprida no processo de saneamento das finanças do Atlético, um dos pilares da gestão do presidente Sérgio Coelho e de seu vice, José Murilo Procopio. A iniciativa é mais uma demonstração do novo estilo de gestão que se está implantando no Clube: sério, cumpridor de compromissos, aberto ao diálogo e focado em fazer do Atlético uma referência na América Latina, dentro e fora de campo."

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MGSérgio Coelho, presidente do Atlético-MG
Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG

Com o pagamento das dividas ao Junior Barranquilla (Chará), Osmanlispor (Patric) e Desportivo Brasil (Bremer), o Galo se livra também de possíveis problemas com a FIFA com relação a questão financeira.