Esporte na Tela

Após Lucas Lima ser afastado do elenco, Patrick de Paula também sofre punição

O jogador foi flagrado na saída de uma festa clandestina e sobre críticas da torcida e é afastado pelo Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras Patrick de Paula, do Palmeiras, em ação contra o Independiente Del Valle
Patrick de Paula, do Palmeiras, em ação contra o Independiente Del Valle

Na última quarta-feira, o meia Lucas Lima foi oficialmente afastado do elenco do Palmeiras por tempo indeterminado após ser visto em uma festa clandestina, desrespeitando as normas de isolamento social. Nesta segunda-feira, foi a vez de outro jogador do verdão também sofrer uma punição da diretoria por descumprir o isolamento. O meia Patrick de Paula foi flagrado numa saída de festa clandestina no Tatuapé, na zona leste de São Paulo.

O jogador foi reconhecido por membros da torcida do Palmeiras e que não conseguiu entrar no carro para ir embora. O grupo de torcedores foi hostilizado com xingametos, e foi obrigado a voltar ao local da festa esperar a torcida ser dispersada. Após as imagens do jogador sendo confrontado pela torcida viralizar nas redes sociais, a diretoria do Palmeiras anunciou que vai multar o jogador em 40% do salário e o afastar do elenco, assim como aconteceu o meia Lucas Limas.

A post shared by Paulo Serdan Aquino (@pauloserdan)

A punição do jogador foi anunciada em menos de 24 horas do jogador ser advertido pela diretoria por entrar em campo com um brinco na partida frente ao América-MG. O clube anunciou a punição por meio de redes sociais, e ressaltou que lamenta a falta de empatia do jogador com a atual situação sanitária no país.

Além do desfalque de Patrick de Paula e Lucas Lima, o Palmeiras também não conta com Ramires, já fora do time, Felipe Melo, Luiz Adriano, Danilo e Gabriel Veron também já foram advertidos pela diretoria. O Verdão volta aos gramados nessa quarta-feira (23), frente ao Red Bull Bragantino, às 19h, no Estádio Nabi Abi Chedid (Arena Red Bull) pelo Campeonato Brasileiro.