Esporte na Tela

Após goleada no Morumbi, 4 de Julho dá adeus a Copa do Brasil

O tricolor paulista não tomou conhecimento do Colorado e venceu pelo placar elástico de 9 a 1
Foto: Marcos Ribolli Placar no Morumbi após a goleada na Copa do Brasil
Placar no Morumbi após a goleada na Copa do Brasil

O 4 de julho começou pressionando e abriu o placar ainda com menos e um minuto. O São Paulo logo tomou as rédeas da partida e aplicou a maior goleada que a equipe piauiense sofreu na Copa do Brasil. A partida também marcou o primeiro hat-trick de Pablo na carreira e o 100º gol com a camisa do São Paulo.

Ainda com 30 segundos do apito inicial, Hiltinho toca para Dudu Beberibe, que abriu o placar. Com o gol, o São Paulo precisava marcar 3 para avançar na competição. Após o gol, o tricolor começou a pressionar, mas o 4 de julho se segurava com a marcação muito bem encaixada.

A partir daí, só deu São Paulo. O tricolor partiu para o ataque, e 15 minutos Reinado bate um escanteio, coloca na cabeça de Luciano para empatar no Morumbi. O São Paulo não parava de pressionar, e aos 21 minutos, Luciano que arrumou a bola para Pablo que, em posição de impedimento, empurrou para a o gol colorado marcando o segundo do São Paulo.

O tricolor não diminui o ritmo e aos 30 minutos, Rigoni na lateral direita e cruza para Gabriel Sara chegar com tudo e marcar o terceiro para o tricolor. O 4 de julho ainda tentou uma reação aos 41 minutos. Em uma batida de falta, o atacante Esquerdinha carimba o travessão do goleiro Thiago Volpi.

No segundo tempo, ainda no primeiro minuto, Edy leva direita e cruza para Dudu Beberibe que é atingido pelo zagueiro e pede pênalti, mas o árbitro deu apenas tiro de meta. O 4 de julho tentou aos 6 minutos com Ítalo Pica-Pau que chutou de longe, mas Volpi foi lá para colocar ela para escanteio. O São Paulo voltou a tomar o controle e aos 10 minutos, Rigoni encontra Pablo livre na grande área e o atacante marca o terceiro dele na partida e o quarto do tricolor.

Aos 17 minutos, após uma lambança do Colorado, o argentino Rigoni chuta, a bola desvia na defesa e encobre o goleiro Jaílson. Aos 20 minutos Bruno Alves, após um escanteio, marca de peixinho para o Tricolor. Para completar a noite desastrosa do 4 de Julho, Chico Bala em uma se afasta errado e marca contra.

Pablo ainda marcou o oitavo gol do São Paulo, após uma bela troca de passes, Wellington cruza para Pablo que na primeira tentativa coloca na trave e no rebote ele a coloca para dentro. Após Jaílson espalmar um chute, Luciano de rebote marca o nono gol. A partida terminou assim, 9 a1, Sã0 Paulo e 4 de Julho. Apesar da goleada, a equipe se despede da competição em 2021 com a melhor participação na Copa do Brasil da história do clube.

Após a goleada, o 4 de Julho volta para o Piauí e se prepara para a segunda rodada da Série D. No campeonato nacional, o 4 de julho enfrenta o Imperatriz-MA, no próximo sábado (11), na Arena Ytacoatiara, às 19h

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 9 X 1 4 DE JULHO (PI)

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 8 de junho de 2021, terça-feira

Horário 19h (de Brasília)

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)

Gols: Dudu Beberibe, ao 1 do 1ºT (4 de Julho); Luciano, aos 16 do 1ºT e aos 44 do 2ºT, Pablo, aos 21 do 1ºT, aos 10 do 2ºT e aos 37 do 2ºT, Gabriel Sara, aos 30 do 1ºT, Rigoni, aos 17 do 2ºT, Bruno Alves, aos 20 do 2ºT, Gilmar Bahia (contra), aos 28 do 2ºT (São Paulo).

Cartões amarelos: Bruno Alves, Miranda e Nestor (São Paulo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Rigoni (Igor Gomes), Rodrigo Nestor (Shaylon), Gabriel Sara (Rojas), Luciano e Reinaldo (Welington); Pablo e Eder (Igor Vinícius).

Técnico: Hernán Crespo

4 DE JULHO: Jailson; Edy (André), Gilmar Bahia, Marcelo e Chico Bala (Lucas Pederzola); Vitor Recife (Cinelton), Rômulo (Caio César), Esquerdinha e Hiltinho; Dudu Beberibe (Etinho) e Pica-Pau.

Técnico: Fernando Tonet.