Esporte na Tela

Após acidente no estádio, Imperatriz-MA e 4 de Julho empatam sem gols

A partida foi interrompida aos 35 minutos do segundo tempo após parte da arquibancada cair por conta de uma forte ventania
Foto: Vagner Grigorio / Imperatriz Imperatriz x 4 de Julho
Imperatriz x 4 de Julho

O 4 de Julho está classificado para o mata-mata do Campeonato Brasileiro Série D. Apesar da classificação antecipada, a partida foi marcada por um episódio chocante em Imperatriz, no Maranhão. Na reta final do segundo tempo, parte da estrutura do estádio sofreu com uma forte ventania e acabou cedendo. A partida foi interrompida e finalizada aos 35 minutos.

No primeiro tempo de jogo o 4 de Julho pressionou bastante os donos da casa, chegando a 13 finalizações. A melhor oportunidade da equipe piauiense veio apenas nos minutos finais, com Gilmar Bahia, com uma bomba da entrada da área, mas o goleiro Diego conseguiu salvar o imperatriz.

Os donos da casa começaram a pressionar mais e tomar parte do controle da partida no segundo tempo. Com toques rápidos e precisando do resultado, o Cavalo de Aço partiu para cima. Mesmo com mais ofensividade, a equipe maranhense abriu espaço para contra-ataques e o 4 de Julho aproveitou bem a situação.

Aos 5 minutos, comandado por Hiltinho, o Colorado partiu para cima com Chico Bala, que opta em rolar para Pica-Pau. Atacante domina, consegue o chute, mas a bola passa raspando a trave. No minuto seguinte Chico Bala cruza na área e Jânio Daniel consegue a finalização de cabeça, mas o goleiro Diego conseguiu defender.

Foto: Vagner Grigorio / ImperatrizEstádio Frei Epifânio com área do desabamento sendo isolada pelos bombeiros militares
Estádio Frei Epifânio com área do desabamento sendo isolada pelos bombeiros militares

Por volta dos 35 minutos da segunda etapa, a parte superior da arquibancada do estádio Frei Epifânio desabou após uma forte ventania. Os jogadores, assustados, correram para fora do gramado e a equipe de arbitragem interrompeu e encerrou a partida. Todos em campo entraram e pânico com o episódio, como relata o capitão do 4 de Julho, Gilmar Bahia:

- Nós sentimos o vento forte no lado esquerdo, um desespero para sair de campo. Nossos familiares saberem que não aconteceu nada, mas o estádio ficou destruído. Pulei, bati as costas, o alambrado estava vindo para cima de nós. Todos saíram ilesos, mas foi um desespero.

Com o resultado o 4 de Julho chega a 21 pontos, na vice-liderança do Grupo, e conquista matematicamente a classificação para o mata-mata da competição. Já o Imperatriz não tem mais chances de classificação para a próxima fase. O Colorado agora tem pela frente o já eliminado Juventude Samas, já o Imperatriz-MA vai enfrentar o Palmas.

Por meio de nota a diretoria do Cavalo de Aço afirmou que vai esperar um posicionamento da CBF sobre o ocorrido, e não reconhece o empate como resultado.

CONFIRA A NOTA

O Imperatriz imediatamente fez contato com a federação Maranhense na pessoa do coordenador de competições Hans Nina e do presidente Antônio Américo, que já estão dialogando com o departamento de competições da CBF, para que a confederação analise as possibilidades de continuidade ou não da partida.