Esporte na Tela

Antes da cirurgia, volante do Altos-PI precisa tratar uma fissura no joelho

Ray deve ficar um mês tratando a fissura e tempo de recuperação é afetado; jogador pode não voltar aos gramados nesta temporada
Foto: Fábio Lima/ge Piauí Ray, volante do Altos-PI
Ray, volante do Altos-PI

Após ser confirmado duas lesões no joelho, o volante do Altos, Ray, vai passar por um processo de recuperação antes de realizar a cirurgia para corrigir o problema. O volante, com a nova etapa do tratamento, deve ficar mais um mês fora dos gramados para se recuperar.

O volante Ray sofreu uma fissura no menisco e o rompimento parcial do ligamento cruzado anterior na partida da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C. O departamento médico do Altos-PI orientou que o jogador faça um trabalho de fortalecimento, antes de realizar a cirurgia para tratar as duas graves lesões.

A necessidade de realizar esse ‘tratamento preliminar’ para a cirurgia foi confirmado na manhã desta segunda-feira pelo gerente de futebol do Altos, Rui Aires. A estimativa é que o atleta fique mais um mês realizando este trabalho de fortalecimento.

- Pelo o que o médico nos passou tem que tratar primeiro a fissura e fortalecer para depois operar os ligamentos do joelho – explicou o gerente de futebol do jacaré.

Com o desfalque de Ray, o Altos-PI contratou o meio-campista João Ananias na última semana para compor o plantel do técnico Paulinho Kobayashi. O Jacaré está atualmente na 8ª colocação da Série C, com 15 pontos e vai ter um confronto direto contra o 9º colocado, Floresta.

Com a vitória o Altos-PI vai se afastar um pouco mais da zona de rebaixamento, que é o principal objetivo do clube neste momento da temporada. A partida, válida pela 15ª rodada, será realizada no próximo sábado (04), às 15h, no Estádio Cidade Vozão.