Esporte na Tela

UEFA investiga comemoração do atacante Marko Arnautovic

Após marcar contra a Áustria, o jogador proferiu palavras e gestos agressivos em comemoração
Foto: Mihai BARBU / POOL / AFP Seleção da Áustria
Seleção da Áustria

A partida entre Áustria e Macedônia do Norte terminou em 3 a 1 na estreia da competição, mas uma comemoração do atacante Marko Arnautovic chamou a atenção da UEFA. O atacante austríaco foi o autor de um dos gols da vitória, mas a comemoração gerou polêmica gerou consequências para o jogador.

O gesto feito pelo atleta foi considerado racistas, e por decisão do Comitê Disciplinar da Uefa, que classificou o gesto como "insulto ao adversário” o jogador foi suspenso por uma rodada. No site oficial da Eurocopa, o nome do jogador na lista de convocados da Áustria traz um selo com a palavra "suspenso”. Um dos destaque da seleção austríaca, David Alaba, tentou impedir a comemoração do atacante que estava insultando os rivais com palavras ofensivas.

Por meio de nota, a Federação Austríaca definiu a punição do jogador como "implica em pena mínima de suspensão de uma partida para o jogador”.

O gesto é ligado a questões politicas ligada à Macedónia do Norte, região que a seleção representa. O jornal esportivo espanhol AS, afirma que o atacante é filho de um sérvio e se dirigiu aos macedônios, que são minoria albanesa, e que estão com nações há mais de uma década. Na Sérvia, é afirmado que Arnautovic disse 'shiptar', uma expressão depreciativa sobre o povo da Albânia, no entanto isso não foi mostrado nas imagens.

Além das palavras ofensivas, o atacante também fez um gesto de 'ok' com as mãos, mas que pode ser interpretado por alguns como um gesto racista, que representa o "poder branco”. O atacante, por meio de sua rede sociais, o Arnautovic afirmou que não fez nenhum gesto racista e se desculpou pela comemoração exaltado no gol.