Esporte na Tela

Ministério da Saúde confirma novos casos de Covid nas delegações da Copa América

Segundo a pasta, os casos foram confirmados após a realização de 2.927 testes entre jogadores e comissão técnica
Foto: Divulgação / Federação Boliviana de Futebol Delegação boliviana fazendo o teste da Covid-19
Delegação boliviana fazendo o teste da Covid-19

Nessa segunda-feira, o Ministério da Saúde divulgou que, até o momento, 41 casos de Covid-19 foram detectados em delegações que chegaram ao Brasil para disputar a Copa América. O ministério divulgou que quase 3.000 testes foram administrados até o último domingo (13), e confirmaram mais 31 novos casos dentre a comissão técnica e jogadores das delegações.

Fora os casos confirmados das delegações estrangeiras que vieram para disputar a Copa América, mais 10 casos foram confirmados de prestadores de serviços que foram contratados para a organização da competição. (todos os prestadores de serviço contaminados trabalham no Distrito Federal).

"No dia de 13 de junho, foram notificados 41 casos de Covid-19 confirmados, sendo 31 entre jogadores e membros das delegações e 10 prestadores de serviços contratados para o evento. Todos os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF)", relata um trecho do comunicado enviado ao Globo Esporte pelo Ministério da Saúde.

Antes da confirmação dos casos de covid, a delegação venezuelana havia detectado 12 casos de Covid-19 dentre os jogadores e comissão técnica na chegada em Brasília. Além da Venezuela, Bolívia, Peru e Colômbia também tiveram casos de covid detectados. Com o surto de infectados pelo vírus, a CONMEBOL alterou o regulamento, e excluiu o limite de convocados de emergência. Inicialmente só poderia substituir cinco jogadores, agora as seleções não tem limite de novos convocados.