Esporte na Tela

Mbappé perde último pênalti e Suíça bate França nas oitavas da Eurocopa

O atacante do PSG perde o quinto pênalti e a Suíça vence sua primeira disputa do gênero na história
Foto: Divulgação/uefa Suíça bate a França nos pênaltis e avança para as quartas de final da Eurocopa
Suíça bate a França nos pênaltis e avança para as quartas de final da Eurocopa

O segundo jogo das oitavas de final da Eurocopa foi emocionante do início ao fim. A Suíça empatou com a França no tempo regulamentar pelo placar de 3 a 3. Na disputa de pênaltis, o camisa 10 Mbappé desperdiça a última cobrança e a Suíça avança pelo placar de 5 a 4 nas penalidades em Bucareste, na Romênia. A classificação heroica foi histórica para a seleção suíça que ganhou pela primeira vez na história uma classificação na disputa por pênaltis.

O primeiro gol da partida veio logo aos 14 minutos do primeiro tempo. O lateral Zuber cruzou na medida para Seferovic ganhar do goleiro Lenglet pelo alto e marcar o primeiro da Suíça na partida. A França até tentou esboçar uma reação, mas acabou indo para o intervalo perdendo por 1 a 0.

O segundo tempo a partida continuou meio morna. O primeiro lance de perigo foi aos 7 minutos, com o lateral Zuber caindo na área em uma disputa de bola com Pavard. O VAR acusou a falta e o juiz marcou o pênalti. O atacante Ricardo Rodríguez foi para a cobrança, mas bateu mal e Lloris impede o segundo gol. Aos 11 minutos a França reagiu com Benzema recebendo um passe dentro da área, chutando e empatando o placar. Aos 13 minutos, Griezmann faz uma boa tabelinha com Mbappé e, de cavadinha, tentou o gol. Sommer faz uma ótima defesa, mas o centroavante Benzema, muito bem posicionado, pega o rebote e marca o segundo dele na partida.

Pouco tempo depois da virada, aos 29 minutos, Pogba acerta um chutaço de fora da área e amplia para a França. A Suíça continuou partido para cima e aos 35 minutos foi recompensada pelo esforço. Em uma bola levantada na área, Seferovic ganhou outra pelo alto pelo alto diminui o placar. O empate quase veio aos 39, quando Gavranovic pego um rebote, após o chute do atacante Rodríguez, e marca. A alegria durou pouco já que a arbitragem, no entanto, anulou por posição irregular. Um minuto antes do fim da partida, aos 44, Gavranovic recebeu no meio da defesa, avançou em velocidade e bateu cruzado para deixar tudo igual mais uma vez.

A prorrogação seguiu empatado e a vaga foi definida nos pênaltis. Todos os jogadores suíços marcaram, e a última batida sobrou nos pés do camisa 10, Mbappé. O atacante bateu, mas parou na defesa de Sommer e viu a França ser eliminada da Eurocopa nas oitavas de final. A Suíça enfrenta a Espanha pelas quartas de final. A partida será na próxima sexta-feira, às 13h, na Arena Zenit, em São Petersburgo