Esporte na Tela

Kepa entra para disputa de pênaltis e Chelsea fatura Supercopa da Europa

O goleiro entrou para substituir Mendy, defendeu duas cobranças e garante o bicampeonato dos Blues
Foto: ELLIS / AFP Jogadores do Chelsea comemoram com Kepa a defesa decisiva na disputa de pênaltis da Supercopa da Europa
Jogadores do Chelsea comemoram com Kepa a defesa decisiva na disputa de pênaltis da Supercopa da Europa

Chelsea, campeão da Champions League, e Villarreal, campeão da Europa League, entraram em campo nesta quarta-feira para decidir o título da Supercopa da Europa, no Estádio Windsor Park. No tempo regulamentar Ziyech e Gerard Moreno marcaram no tempo regulamentar. Mas o herói da partida saiu do banco. O goleiro Kepa substituiu Mendy no gol inglês e garantiu a classificação defendendo os pênaltis de Mandi e Albiol.

No primeiro tempo os Blues dominaram completamente os espanhóis. A primeira chance veio aos 5 minuto, com Werner. Após um escanteio, o atacante cabeceia para o gol, mas o goleiro do Villarreal reagiu bem e espalmou para fora.

Ditando o ritmo do jogo e pressionando o tempo inteiro, o Chelsea abriu o placar aos 26 minutos. Havertz recebe do lado esquerdo, cruza rasteiro de primeira para Ziyech que chegar batendo da marca do pênalti e abre o placar. Os Blues continuaram pressionando, mas não conseguiram ampliar a vantagem na partida.

No segundo tempo o Villarreal entrou mais ligado no jogo e equilibraram a partida. A primeira chance clara dos espanhóis foi aos 6 minutos, com Gerard Moreno. O goleiro Mendy escorrega na reposição de bola e consegue recuperar e sai na cara do goleiro inglês, finaliza, mas a bola carimba a trave.

O goleiro do Chelsea ainda impediu o gol de empate aos 22 minutos, com Estupiñán. Mas a pressão espanhola deu resultado aos 27 minutos, novamente com Moreno. Após uma bela tabela com Dia, Gerard Moreno bate no ângulo, sem chance de defesa, e empata o placar na decisão.

A partida seguiu equilibrada até o fim do tempo regulamentar, e da prorrogação, levando a disputa do título para os pênaltis. Pouco antes de terminar o tempo regulamenta o treinador do Chelsea fez uma substituição arriscada colocando o goleiro Kepa no lugar de Mendy para as cobranças.

A substituição foi certeira. Na disputa, Kepa defendeu as cobranças de Mandi e Albiol e garantiu o bicampeonato do Chelsea na Supercopa da Europa (1º título em 1998). O goleiro espanhol, Asenjo, também defendeu a cobrança batida por Havertz, mas nos alternados não conseguiu defender a batida de Rüdiger.

Essa foi a quinta participação do Chelsea na disputa pela taça. Os Blues chegam agora a dois títulos e se igualam a Bayern de Munique, Anderlecht, Valencia e Juventus na lista de vencedores da Supercopa.