Esporte na Tela

Florentino Pérez tem áudio vazado criticando Casillas e Rául

O presidente criticou duramente os dois ídolos dos merengues e explica que os áudios foram tirados de contexto
Foto: Rodrigo Jiménez/Imago/OneFootball Florentino Pérez, presidente do Real Madrid
Florentino Pérez, presidente do Real Madrid

O diário espanhol El Confidencial divulgou nesta terça-feira (13) um áudio transcrito de 2006 que abalou o Real Madrid. Na transcrição o presidente do clube, Florentino Pérez, critica dois grandes ídolos do clube Iker Casillas e Raúl González. O presidente se pronunciou e afirmou que os áudios foram “frases soltas e tiradas de contexto”.

No áudio sobre o ex-goleiro, Casillas estava atuando pela o Porto, de Portugal, após a saída do Real Madrid. O goleiro foi formado nas categorias de base do clube e ficou de 1998 até 2015 defendendo os merengues. O espanhol Raúl González vestiu a camisa dos merengues por 15 anos e é um dos grandes campeões do clube

"Casillas não é goleiro do Real Madrid, o que você quer que eu diga? Não é. Nunca foi. Foi o grande fracasso que tivemos. O que acontece é que você tem quem o adora, o ama, fala com ele, sei lá. Eles o defendem tanto... Bem, é um dos grandes golpes e o segundo é o Raúl. Os dois grandes golpes de Madrid são primeiro Raúl e segundo Casillas", disse o presidente, na época, do clube.

"Os jogadores são muito egoístas, não dá para contar com eles de jeito nenhum e quem conta com eles se engana, te deixam perdido, é bobagem. Eu tenho um conceito horrível de jogadores. Raúl é mal. Acredita que o Real Madrid é dele", finalizou o presidente Pérez.

Na época da gravação do áudio, que o presidente afirmou que foi gravada de forma ilegal, Florentino Pérez passava por problemas internos no clube e deixou a presidência. Após o jornal espanhol divulgar a transcrição do áudio o presidente do clube se justificou por meio de nota no site oficial do Real Madrid.

Confira na íntegra a nota oficial do Real Madrid:

“Atendendo à notícia veiculada no El Confidencial, no qual se recolhem frases que me são atribuídas, julgo necessário esclarecer:

As frases reproduzidas são pronunciadas em conversas gravadas clandestinamente pelo senhor José Antonio Abellán, que tem procurado vendê-las a muitos anos sem sucesso. É surpreendente agora que, apesar do tempo decorrido, o jornal El Confidencial os reúna hoje.

São frases únicas de conversas retiradas do amplo contexto em que ocorrem.

Que se reproduzam agora, passados ​​tantos anos desde que essas conversas aconteceram, entendo que seja devido à minha participação como um dos promotores da Superliga.

Deixei o assunto nas mãos dos meus advogados que estão estudando as possíveis ações a serem tomadas.”