Esporte na Tela

Espanha sofre, mas bate Suíça nos pênaltis e avança para as semifinais da Euro

Com um jogador a mais na prorrogação, a Espanha só conquista a vaga nos pênaltis com Uni Simón fechando o gol
Foto: Divulgação/UEFA Unai Simón, herói da classificação da Espanha para a semifinal da Eurocopa
Unai Simón, herói da classificação da Espanha para a semifinal da Eurocopa

A Espanha bate a Suíça e garante vaga na semifinal da Euro 2020. A Espanha sofreu com o goleiro Sommer que foi o melhor do lado suíço na partida fazendo defesas incríveis. La Roja até saiu na frente com um gol contra de Zakaria, mas a Suíça conseguiu o empate com Shaqiri. Na prorrogação, Sommer mais uma vez impediu a classificação espanhola, mas nos pênaltis Unai Simón se redimiu do gol contra nas oitavas com duas defesas.

No primeiro tempo, logo aos sete minutos, a Espanha abriu o placar. Jordi Alba, em um rebote, chuta de primeira, a bola desvia em Zakaria e entra. O gol foi computado como gol contra do suíço. Apesar da vantagem, o primeiro tempo seguiu morno. A Espanha permaneceu com mais posse de bola, mas não conseguia criar mais situações de perigo.

No segundo tempo a Suíça conseguiu mais vantagem. Aos 22 minutos, Pau Torres e Laporta se atrapalham na saída de bola. Freuler se aproveitou, roubou a bola e cruzou rasteiro para Saqiri empatar o placar. Dez minutos após o gol, aos 32, Freuler é expulso por um carrinho perigoso em Moreno, e a Suíça joga o resto da partida com um a menos. Apesar da superioridade numérica, a Espanha não conseguiu crescer e a partida foi para a prorrogação.

No tempo adicional a Espanha ganhou mais chances e finalizou mais, 17 ao todo. Apesar do número de tentativas aumentar, a pontaria do ataque espanhol não estava dos melhores. O goleiro suíço, Sommer, também foi decisivo com um total de sete defesas difíceis na prorrogação. Com o empate, a partida correu para os pênaltis.

Na disputa de pênaltis, o goleiro espanhol Unai Simón se redimiu do gol contra nas oitavas de final. O espanhol defendeu duas das cinco cobranças, de Schär e Akanji, e foi o herói da classificação sendo eleito o melhor em campo. O meia Sergio Busquets mandou na trave, e Rodri também errou, mas o time de Luis Enrique avançou para a semifinal. A próxima partida da competição será disputada em Wembley, na próxima terça-feira, dia 6, às 16h.