Esporte na Tela

Donnarumma cresce nos pênaltis e Itália garante ao bi da Eurocopa

Após empatar no tempo regulamentar e na prorrogação, o goleiro italiano foi decisivo no título
Foto: Uefa A Itália comemora seu segundo título da Eurocopa sobre a Inglaterra
A Itália comemora seu segundo título da Eurocopa sobre a Inglaterra

A Itália conquistou seu segundo título da Eurocopa. Luke Shaw marcou o gol mais rápidos da história da Eurocopa ainda no primeiro tempo, mas sofreu o empate com o capitão Bonucci no segundo tempo. Com o placar igual na prorrogação, a decisão foi feita nos pênaltis e os goleiros Donnarumma e Pickford brilharam, mas o goleiro italiano cresceu diante os batedores ingleses e garantiu o bicampeonato da Azzurra.

Com apenas um minuto e cinquenta e sete segundos a Inglaterra o lateral esquerdo Luke Show recebe um passe longo de Trippier na entrada da área e finaliza de primeira para abrir o placar. O gol entrou para a história como o mais rápido da competição.

Apesar de abrir a partida na frente do marcador, a Inglaterra não finalizou outra vez até os 10 minutos do segundo tempo. A Itália com mais posse de bola também não teve efetividade.

No segundo tempo a Inglaterra sofreu logo no começo da partida para as batidas de Insigne, aos 10 minutos, e Chiesa, aos 16. Os ingleses também fizeram Donnarumma trabalhar aos 18 minutos em uma cabeçada de John Stones, mas o goleiro italiano, ligado no jogo, parou o ataque.

A pressão italiana fez efeito aos 21 minutos. Após uma cobrança de escanteio do lado direito, a defesa inglesa não consegue cortar para longe, e Veratti, de peixinho, carimba a trave. No rebote o zagueiro Bonucci aparece e empurra para dentro da rede e empata o placar.

Foto: UEFA Euro Oficial/@EURO2020Bonucci comemorando o gol de empate no tempo regulamentar
Bonucci comemorando o gol de empate no tempo regulamentar

A partida seguiu até o fim do período regulamentar com uma pressão intensa dos italianos que chegaram a finalizar 20 vezes contra seis dos ingleses. Apesar da posse de bola, o empate persistiu até a prorrogação. No tempo adicional nenhuma das equipe teve o domínio inteiro da partida e foi para a decisão de pênaltis.

Nas cobranças de pênaltis, os dois goleiros mostraram muita habilidade. Donnarumma e Pickford fizeram duas defesas cada. Para a Azzurri  Berardi, Bonucci e Bernardeschi converteram e do lado inglês Harry Kane e Maguire também balançaram as redes. Pickford conseguiu parar as cobranças de Belotti e Jorginho, e Donnarumma viu Rashford carimbar a trave e Sancho parou nas mãos do goleiro.

Na última cobrança, Saka viu o goleiro italiano crescer e defender a bola com tranquilidade para garantir o título. Os ingleses, durante o tempo regulamentar, cantavam a música "Football's coming home" (o futebol está vindo para casa), da banda The Lightning Seeds, mas caíram para a Azzurra garantir o bicampeonato. O capitão italiano, Bonucci, correu para a câmera e gritou "It's coming Rome" (está indo para Roma, a capital da Itália).