Esporte na Tela

Com protesto contra assédio, Seleção Feminina vence Rússia em amistoso

Com a faixa “ASSÉDIO NÃO” na entrada, atletas protestam contra o caso de assédio na presidência da CBF
Foto: Richard Collis/SPP/CBF Bruna Benites autora de dois gols no amistoso frente a Rússia
Bruna Benites autora de dois gols no amistoso frente a Rússia

Na tarde dessa sexta-feira a Seleção Brasileira entrou em campo em seu penúltimo teste antes das Olimpíadas. As brasileira enfrentaram Rússia e venceram pelo placar de 3 a 0 Estádio Cartagonova, em Cartagena, na Espanha. A Seleção Feminina foi soberana durante a partida e pouco sofreram com o ataque das russas nos 90 minutos.

Antes do inicio da partida, a Seleção Feminina entrou com uma faixa escrito “ASSÉDIO NÃO”. A manifestação das atleta é relacionado ao escândalo de assédio sexual e moral envolvendo o presidente, atualmente afastado, da CBF, Rogério Caboclo. A manifestação das jogadora aconteceu durante a execução do hino nacional brasileiro e também na tradicional foto posada antes da partida. As jogadoras também se posicionaram nas redes sociais antes da entrada no gramado.

Foto: Reprodução/Instagram/Martavsilva10Marta, camisa 10 da Seleção, em post antes da partida contra a Russia
Marta, camisa 10 da Seleção, em post antes da partida contra a Russia

O Brasil dominou o primeiro tempo na Espanha. Com uma marcação forte e com maior posse de bola, a Seleção Feminina foi para o intervalo com a vantagem de 1 a 0 no placar, e sem perigos reais. A seleção da treinadora Pia Sundhage abusou bastante das subidas e invertidas das laterais que estavam atuando como pontas em certos momentos da partida. A goleira russa sofreu para parar o ataque brasileiro, e aos 27 minutos defendeu três chutes a queima roupa e impediu as brasileiras de abrir o placar em Cartagena.

Aos 41 o gol brasileiro veio com a zagueira Bruna Benites. Andressinha bateu um escanteio, Ludmilla desviou de cabeça na primeira trave e a zagueira empurrou para dentro. No segundo tempo, o Brasil continuou dominando a partida. Aos 7 minutos Debinha tenta um chute que saiu tirando tinta da trave adversária e logo em seguida, aos 10, Marta faz uma fila com a marcação, chuta forte, mas a bola também sai pela linha de fundo.

 Aos 18 minutos, em outro escanteio cobrado por Andressinha, Bruna Benites cabeceou no canto esquerdo para fazer o segundo dela e da Seleção Brasileira na partida. Aos 35 minutos, Andressinha passa pela marcação e chuta cruzado para o gol, a defesa consegue afastar, mas no rebote a atacante marca o terceiro da seleção e dá números finais a partida.

A Seleção Femina volta aos gramados na próxima segunda-feira (14) frente ao Canadá, às 16h, em Cartagonova. A partida contra as canadenses será a última antes da convocação final para as Olimpíadas em Tóquio nesse ano.