Esporte na Tela

Argentina vence por 1 a 0 e conquista a Copa América neste final de semana

A Albiceleste estava há 28 anos sem um título oficial
Foto: Lucas Figueiredo/CBF Brasil perde para a Argentina por 1 a 0 na Final da Copa América
Brasil perde para a Argentina por 1 a 0 na Final da Copa América

O maior clássico das Américas terminou com vitória para os Hermanos. A Argentina venceu, neste sábado, o Brasil pelo placar de 1 a 0 e conquistou seu 15º título da Copa América. Por um erro do lateral Renan Lodi, Di Maria marcou o gol da vitória dos argentinos que se igualou ao Uruguai como maior campeão da competição.

Com um primeiro tempo travado, as duas seleção se intercalavam entre ataque e defesa. A Seleção Brasileira foi a primeira que chegou com perigo, aos 19 minutos, com Neymar, recebendo uma bola de Richarlison, que finalizou mal e parou no goleiro. Os argentinos responderam aos 21 minutos com Di Maria.

O atacante do PSG recebeu um passe longo de De Paul, Renan Lodi corta mal e ajeita para o camisa 11 argentino tocar de cobertura sobre o goleiro Ederson e abrir o placar. Após o gol a Argentina saiu para o jogo, mas a defesa brasileira, mais esperta, conseguiu anular Messi e Di Maria.

Everton Cebolinha teve uma boa chance, ainda aos 41 minutos, em um chute desviado dentro da área, mas Emiliano Martínez estava bem colocado e defendeu o chute.

No segundo tempo o Brasil voltou mais ofensivo. Aos 7 minutos Richarlison briga na área e coloca para o fundo das redes, mas a arbitragem anulou o gol por impedimento. A Argentina melhorou no sistema defensivo e se armou para jogar no contra-ataque.

O Brasil seguiu ofensivo e cresceu de rendimento com a entrada de Gabriel Barbosa, aos 30 minutos, e aos 40 minutos o atacante chuta, no rebote de Richarlison, e obriga o goleiro argentino a fazer uma bela ponte para impedir o empate. Aos 43, em um contra-ataque, Messi tenta driblar Ederson, mas o goleiro brasileiro fica com ela e impede o segundo gol. A partida terminou assim, e o camisa 10 argentino conquistou, pela primeira vez, um título com a seleção principal.

A derrota marcou a quebra da sequência de títulos da Copa América do Brasil dentro de casa (1919, 1922, 1949, 1989 e 2019). As duas seleções voltam aos gramados daqui há dois meses pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. A Albiceleste enfrenta Venezuela (fora) e Bolívia (em casa), enquanto a seleção canarinho joga contra o Chile (fora) e Peru (casa).