Esporte na Tela

Após vitória nas quartas de final, Tite critica a situação do gramado

O Brasil venceu pelo placar de 1 a 0 o Chile, mas o treinador da seleção brasileira criticou o gramado da partida
Foto: André Durão Detalhe do desgaste do gramado do Nilton Santos
Detalhe do desgaste do gramado do Nilton Santos

Após a vitória sobre o Chile e a conquista da vaga para a semifinal da Copa América, o técnico Tite voltou a criticar os gramados das sedes. Essa foi a terceira vez que o Brasil jogou no estádio Nilton Santos, nesta Copa América, e o treinador já havia criticado a situação do gramado. Além do treinador, alguns jogadores da Seleção Brasileira também não estavam satisfeitos com a qualidade do gramado.

“Quero fazer um agradecimento a vocês, funcionários da Conmebol. E eu falei isso sem estar ao vivo. A gente vê o quanto vocês se doam para que o espetáculo, a entrevista, a organização, seja feito da melhor maneira possível. E nisso está outro detalhe. Inclusive de tentar fazer o campo em boas condições. Eu, enquanto técnico, fiquei contente com a classificação, contente porque uma equipe do outro lado, a bicampeã anterior da Copa América, poderia ser um espetáculo muito mais bonito. Duas equipes que propõe o jogo, posse de bola. E fiquei triste com o espetáculo. Fiquei triste. Se eu tivesse em casa assistindo, diria: “que jogo bom que poderia acontecer. Porque até para bater tiro de meta teve dificuldade, o Ederson” pontuou o treinador da seleção canarinho em entrevista coletiva após a partida.

A partida até seria realizada em outro estádio, como solicitado pela CBF, mas a Conmebol acabou vetando o pedido. O gramado do Engenhão recebeu um tratamento especial da organizadora da competição, que até apresentou melhoras antes da partida, mas com o rolar da bola o gramado acabou ficando em um estado pior.

“O gramado dificultou, estamos acostumados só com tapete lá fora. Mas tem que colocar a bola no chão, está ruim para nós e está para eles” comentou o Richarlisson, atacante da Seleção Brasileira, sobre o gramado.