Esporte na Tela

Apesar do golaço do camisa 10, Argentina estreia com empate na Copa América

A seleção argentina conseguiu abrir o placar no Nilton Santos, mas o Chile chegou ao empate no final da partida
Foto: André Durão Argentina e Chile ficam no empate na estreia da Copa América
Argentina e Chile ficam no empate na estreia da Copa América

A partida entre Argentina e Chile começou nessa segunda feira com um show de sons e luzes, com direito a projeção no gramado, em homenagem ao ídolo argentino Diego Armando Maradona. Dieguito Maradona faleceu em novembro do ano passado, e a Conmebol comunicou na manhã dessa segunda-feira que apresentaria uma homenagem ao craque na estreia da seleção argentina. Maradona faleceu aos 60 anos, em uma casa alugada em Buenos Aires.

Após a homenagem, os atletas entraram para a partida. No primeiro tempo, a Argentina foi mais ofensiva. Aos 7 minutos, Messi chega com perigo após Parede lançar para Tagliafico, que, dentro da área, escora de cabeça para o camisa 10, mas a capitão finaliza para fora. Aos 11 minutos, Lautaro também tentou. Lo Celso cruza na área e o atacante finaliza, mas a bola sobe demais e vai para fora.

Na sequência, aos 17 minutos, o atacante Nicolás González tenta por três vezes abrir o placar, mas o goleiro Claudio Bravo, e a defesa chilena agiram bem e impediram o atacante. Apostando nos contra-ataques, o Chile chegou com perigo aos 26 minutos com Meneses. O meio-campista recebe a bola de fora da área, dribla Martínez Quarta, se infiltra na área e chuta com perigo, mas a bola viaja para a linha de fundo no primeiro ataque perigoso da equipe na partida.

A Argentina volta ao ataque aos 32 minutos. O camisa 10, Leonel Messi, bate com categoria na entrada da área, o goleiro Claudio Bravo até tenta a ponte para impedir o gol, consegue tocar, mas a bola entra para o primeiro gol da Argentina e de Messi nessa edição da Copa América.

No segundo tempo, o Chile voltou mais ofensivo para a partida. O atacante Vargas chega com perigo logo aos 7 minutos, após uma enfiada de Pulgar, o goleador finaliza, mas o goleiro argentino consegue pegar. No rebote, Vidal se atira à bola, mas não consegue mandar para o gol.

O gol chileno chegou aos 11 minutos. Após sofrer um pênalti, Vargas bate a penalidade, mas o goleiro argentino toca na bola que vai no travessão. No rebote de cabeça, o atacante empurra para as redes e deixa tudo igual no placar. Após o empate, a Argentina volta a pressionar, e retoma o controle da partida. No final do jogo, a equipe colocou Aguero e Di Maria em campo, o time Albiceleste não consegue o desempate.

Após somar apenas um ponto na estreia, a Argentina volta a campo na sexta frente o Uruguai no Clássico do Rio da Prata, às 21h, no estádio Mané Garrincha. Já a Roja entra mais cedo em campo, às 18h, na Arena Pantanal, frente a Bolívia.