Esporte na Tela

A meia-atacante Adriana é cortada da seleção feminina por lesão

A atacante foi cortada do elenco brasileiro pelo mesmo motivo na última Copa do Mundo
Foto: Thais Magalhães/CBF Meia-atacante Adriana, do Corinthians, em treinamento com a Seleção Brasileira
Meia-atacante Adriana, do Corinthians, em treinamento com a Seleção Brasileira

Na noite da última sexta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou o corte da meia-atacante do Corinthians, Adriana. A lesão foi constatada após um treino da delegação brasileira em Portland (EUA), onde a seleção faz os preparativos para as Olímpiadas de Tóquio 2020. Para substituir a atleta, a técnica Pia Sundhage convocou a meia Angelina, de 21 anos, do OL Reign.

Em 2019 a atleta do Corinthians também perdeu uma competição com a seleção brasileira feminina. A jogadora acabou sofrendo uma lesão de ligamento no joelho e, na Copa do Mundo, foi substituída pela volante Luana. A substituta nas Olímpiadas, Angelina, chegou recentemente ao OL Rign (EUA), após uma boa temporada no Palmeiras em 2020.

Angelina deve se apresentar oficialmente com o elenco na próxima segunda-feira, junto com Marta e Debinha que atuam nos Estados Unidos. A brasileira entrou em campo na última sexta-feira pelo OL Ring, na Nationa Women Soccer League (NWSL), na derrota por 2 a 0 frente ao Houston Dash.