Esporte na Tela

12 jogadores da Venezuela são diagnosticados com Covi-19 na véspera da estreia

A Venezuela faz sua estreia na Copa América amanhã (13) frente a Seleção Brasileira
Foto: Reprodução/FVF Venezuela em amistoso contra a Bolívia
Venezuela em amistoso contra a Bolívia

Antes da estreia na Copa América, Brasil e Venezuela fizeram o teste para a Covid-19, e parte da delegação venezuelana sinalizaram como positivo para o vírus. Ao todo foram 12 componentes, de jogadores a comissão técnica, foram infectados pelo vírus que se confirmou na manhã desse sábado (12) com a contraprova. Os testes de PCR foram realizados pela Conmebol.

"Essas pessoas não poderão jogar. Estão isolados em seus quartos de hotel", explicou Osnei Okamoto, Secretário de Saúde do Distrito Federal, em entrevista a CNN Brasil. Os jogadores, apesar de testarem positivos, se mostram assintomáticos. A Secretária de Saúde agora estuda os exames dos jogadores para identificar por qual cepa os atletas estão infectados.

Os zagueiros Rolf Feltscher e Wilker Ángel chegaram já na manhã desse sábado e se juntaram a delegação. A Venezuela está no Grupo B e é a primeira adversária do Brasil na Copa América. O jogo está marcado para amanhã, às 18h, no estádio Mané Garrincha. A delegação venezuelana desembarcou no Distrito Federal ainda nessa sexta-feira.